Emergência do Homem e da Civilização – Parte 2

Emergência do Homem e da Civilização – Do nomadismo ao Sedentarismo

 

 

Nomadismo X Sedentarismo

 

O Paleolítico, velha idade da pedra ou Idade da Pedra Lascada, é o período que abrange a maior parte do tempo de existência das sociedades humanas, tendo como início o surgimento dos primeiros hominídeos estendendo-se até 8000 a.C. Nesse período são confeccionados os primeiros instrumentos que serão utilizados principalmente para a caça de animais e coletas. Os homens desse período são denominados de caçadores-coletores e nômades, pois estabeleciam-se numa região e quando se esgotavam os alimentos dela eram obrigados a mudar para outra região. Vemos, portanto, que o homem ainda não era capaz de transformar a natureza em que vivia, era apenas parte integrante dessa natureza. Neste período, o homem se assemelha muito aos animais no que diz respeito a alimentação. Porém ele já possui característica que nos indicam uma semelhança com o homem do neolítico.

Ferramentas Rudimentares do Paleolítico

É nesse período que o ser humano descobre algo que será fundamental no processo de sedentarização: o fogo. A princípio, muitos estudiosos acreditam que os seres humanos procuravam manter acesos o fogo causado por forças da natureza, como raios. Posteriormente, o homem percebeu que podia criar o mesmo fogo a partir a partir do atrito entre madeira e até pedras lascadas. O fogo foi importante para manter animais afastados, protegê-los do frio e principalmente cozinhar alimentos.
O Paleolítico também é marcado por grandes mudanças climáticas. As ferramentas produzidas por eles a partir de pedras, madeiras e ossos, permitiram que separassem o couro da carne dos animais e confeccionasse roupas, e ainda construíssem abrigos.
 
 
O Início da Organização Social
  
O ser humano não se sedentarizou imediatamente. Antes disso um fator de suma importância foi a divisão de trabalho entre os membros do grupo. Na maioria desses grupos a divisão foi feita de acordo com o sexo: os homens caçavam e as mulheres faziam a coleta de alimentos e cuidavam das crianças. Posteriormente, o produto do trabalho era dividido entre os membros do grupo.
A descoberta do fogo, como foi dito, e a divisão do trabalho permitiram a sedentarização no Neolítico, nova idade da pedra ou Idade da Pedra Polida. No Neolítico inicia-se a construção de casas permanentes, fabricação de vasos e móveis,e a organização dos requisitos básicos para uma vida nas comunidades aldeãs. com a divisão do trabalho, um papel importante foi dado as mulheres: o da descoberta da agricultura. Como elas eram responsáveis pela coleta, deduz-se que tenham sido elas que descobriram que podiam plantar as sementes dos frutos que colhiam. Os alimentos começam a ser estocados, animais começam a ser domesticados, desenvolve-se a cerâmica que tinham funções diversas desde guardar alimentos até ser utilizadas em rituais fúnebres. O aumento da especialização nesse período foi responsável pela formação de grupos sociais: sendo os superiores responsáveis pelas funções mágicas – no geral eram formados por homens idosos já impossibilitados de caçar, a administração das atividades coletivas, e posteriormente grupos militares; e o grupo inferior seria o responsável pela agricultura, criação de animais e produção artesanal.
As condições do Neolítico provocaram um amplo desenvolvimento cultural, que culminou na invenção da escrita, crescimento demográfico, aumento da riqueza e finalmente da qualidade de vida.